5 Votos para obter Poder Espiritual - 1

 

Esse é o primeiro artigo da série sobre os 5 Votos para obter Poder Espiritual, baseados no livro de mesmo nome escrito por A. W. Tozer.

Primeiramente, é preciso deixar claro o que é um voto – é simplesmente um compromisso diante de algo, um sacrifício voluntário. Você pode pensar que fazer votos pode ser uma maneira de conseguir “favores” de Deus, como se Ele, por isso, nos devesse algo em troca. Mas não é assim, o voto é um sacrifício que agrada a Deus. Não fazer votos, decidir não assumir responsabilidades, também significa decidir abrir mão de receber o poder de Deus para cumpri-los e abrir mão da experiência de vivenciar o agir de Deus.

Hoje vamos comentar o primeiro voto: Trate Seriamente com o Pecado.

O próprio Espírito Santo nos ensina sobre o pecado, ele nos convece de nossos erros e nos alerta quandos nos desviamos dos propósitos de Deus. Quando não damos ouvido ao Espírito, as consequências do pecado são, primeiro, a culpa e, depois de repetidas vezes pecando, uma anestesia que toma conta, que aplaca a nossa indignação. E então passamos a aceitar, inventar desculpas, criar outros nomes para disfarçar o pecado...

Romanos 6.16 diz, não podemos servir a dois senhores. Ou somos servos de Deus, ou escravos do pecado. Antes, éramos sim escravos do pecado, não tínhamos escolha, não tínhamos amparo, éramos como ovelhas sem pastor. Mas Jesus veio nos libertar! E graças a Deus, por isso, porque a única chance que um escravo tem de deixar de ser escravo... é morrer. Nascemos escravos, morreríamos escravos, senão fosse por Jesus Cristo, que morreu por nós. Ele nos libertou, pagou o preço que não podíamos pagar, deu a sua própria vida em favor da nossa vida, para que não precisássemos morrer!

Agora, não somos mais escravos, somos livres para escolher: pecar ou obedecer à Deus. Não faça concessões aos “pecados pequenos” – que não existem – e nem à nenhum pecado, lute contra eles. Procure a causa do pecado, peça a Deus que te revele, que te dê sabedoria. Combata para mudar a intenção do seu coração, olhe de frente para o pecado e o chame pelo nome. Tire a sua máscara de bonzinho e seu escudo de boas obras, e encare quem você é no seu interior, onde só Deus pode enxergar. Não esqueça que mesmo agindo como um cristão na frente dos outros, o que importa na verdade é quem é você quando ninguém está olhando.

Trate o pecado com seriedade, trate essa luta com a seriedade que ela merece e Deus vai te ajudar, a medida que você se movimentar.

 

___________________________________________________

 

(Ficou curioso para ler o livro e não pode esperar mais? Esse é um livreto bem pequeno e está esgotado, por isso você encontra downloads dele na internet: http://migre.me/17Nkh)

Tópicos Relacionados

Voto 1

Voto 2

Voto 3

Voto 4

Voto 5